quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Sepaq apoia o Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca

A Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura (Sepaq) vai promover dois eventos paralelos ao 17º Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca (Conbep), que acontece no período de 27 de novembro a 1º de dezembro de 2011, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Trata-se do I Seminário do Caranguejo-uçá no Pará e o I Fórum do Setor Pesqueiro Paraense. Existe ainda uma parceria no II Workshop de Cultivo do Pirarucu.
O Conbep vai enfocar as conquistas e comemorações do setor pesqueiro do país, dentre elas a consolidação do Ministério da Pesca e Aquicultura, os 42 anos da Extensão Pesqueira no Brasil e os 40 anos da Engenharia de Pesca no país. O novo cenário de incremento da produção da pesca e de fomento da aquicultura produziu frutos. A produção brasileira de pescado aumentou 25% nos últimos oito anos, passando de 990.899 toneladas anuais para 1.240.813 toneladas ano passado.
Somente nos últimos dois anos, houve um crescimento de 15,7%, conforme os dados estatísticos de 2008 e 2009. A aqüicultura teve uma elevação 43,8%, passando de 289.050 toneladas ao ano para 415.649 toneladas anuais. Os dados são do Ministério da Pesca e Aquicultura.
O Pará se destaca na produção nacional de pescado, pois é o maior produtor no segmento da pesca extrativa artesanal marinha. A pesca no Estado é a principal atividade em praticamente todos os 143 municípios paraenses. A ausência de infraestrutura e a diversidade de problemas tornaram bem mais complexo o desafio de estruturar a atividade. Por conta disso, espera-se que o congresso contribua para o desenvolvimento da pesca e aquicultura no Estado.
Os Congressos Brasileiros de Engenharia de Pesca acontecem desde 1979, a cada dois anos, com a participação engenheiros de pesca e pesquisadores. Durante o evento, haverá mesas redondas abordando a política profissional de quem trabalha na área e o perfil profissional do engenheiro de pesca.
Os programas de Educação Tutorial, inseridos nos cursos de graduação, serão analisados, junto da abordagem sobre a pós-graduação nas Ciências do Mar no Brasil. Uma exibição de trabalhos técnico-científicos, sob a forma de painéis, fará parte do evento. Haverá, ainda, um espaço para oferecimento de minicursos teóricos e práticos, visando o aperfeiçoamento profissional dos participantes.
A Expo Conbep, Feira de Agricultura e Pesca, merece destaque, pois irá reunir as principais empresas e instituições envolvidas com o tema do evento, proporcionando aos participantes a interação com o setor empresarial pesqueiro, além da exposição dos estandes institucionais. O Conbep é promovido pela Associação dos Engenheiros de Pesca dos Estados do Pará e Amapá, Federação das Associações dos Engenheiros de Pesca do Brasil, Associação Brasileira de Engenharia de Pesca, Sepaq e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
Ascom Sepaq

Postagem: Vanessa Carvalho (Membro Dirigente de Aquitetura)

Nenhum comentário:

Postar um comentário